Thibaut Pinot vence isolado Volta à Lombardia, último `monumento` da época

| Outras Modalidades

O francês Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) venceu hoje isolado a clássica Volta à Lombardia, o último 'monumento' da temporada de ciclismo, três dias depois de também ter triunfado na Milão-Turim.

A viver um dos melhores momentos da carreira, o gaulês triunfou na última grande clássica do ano, ao cumprir os 241 quilómetros entre Bérgamo e Como em 5:53.22 horas, menos 32 segundos do que o segundo classificado, o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain Mérida), com o belga Dylan Teuns (BMC) em terceiro, a 43.

Três dias depois de triunfar em Turim, Pinot igualou o feito de Laurent Jalabert: o francês tinha sido o último corredor francês a vencer quer a Milão-Turim e a Volta à Lombardia, em 1997.

O ciclista de 28 anos soma este triunfo a uma época 'em cheio', em que venceu a Volta aos Alpes, foi sexto na Volta a Espanha e nono nos Mundiais de fundo.

Rui Costa (UAE Emirates) foi hoje 38.º classificado, a 7.02 minutos do vencedor, e quatro postos acima de Nelson Oliveira (Movistar), que terminou com o mesmo tempo.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Girl Move Academy existe há quatro anos com o objetivo de criar uma geração de mulheres líderes. É um “movimento de capacitação e investimento da mulher”.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A menos de 100 quilómetros da fronteira com a Síria, a cidade turca de Gaziantep é uma terra de tradições e sabores.

      Fotografias da autoria do artista berlinense Martin Dammann lançam luz sobre o lado mais obscuro da Wehrmacht.