ACAP e grupo PSA satisfeitos com retificação de veículos para classe 1

| País
ACAP e grupo PSA satisfeitos com retificação de veículos para classe 1

Foto: Reuters

A Associação Automóvel de Portugal e a empresa PSA congratulam-se com a decisão aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros, relativamente a indexação na categoria da classe 1.

Desta forma os veículos que têm menos de 1,30 metros, e menos de 2300 quilos vão passar a pagar como classe 1 nas portagens.

A alteração foi aprovada no Conselho de Ministros e vai ao encontro da legislação europeia em matéria de segurança rodoviária e das exigências de algumas fábricas que produzem automóveis em Portugal.

A ACAP diz que esta medida vai permitir uma maior equidade na oferta em Portugal, mas Hélder pedro explica que esta mudança não vai abranger muitas viaturas atualmente em circulação.


Também a empresa PSA se congratula com a decisão. Jorge Magalhães, do gabinete de comunicação da PSA, explica que desta forma o Governo está a cumprir o que tinha prometido.

O ajuste das classes vinha a ser reivindicado pelo setor, nomeadamente, pelo grupo PSA, que tem uma fábrica em Mangualde e tinha referido que o investimento em Portugal poderia estar em causa caso se mantivesse o modelo de pagamento das portagens ser anexado à altura dos veículos.

A informação mais vista

+ Em Foco

A 15 de outubro de 2017, uma vaga de incêndios fez 50 mortos e dezenas de feridos. Reunimos aqui um conjunto de reportagens elaboradas um ano depois da catástrofe.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

        O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.