Acordo à vista para manter Joana Marques Vidal na PGR

| País

|

O Primeiro-ministro e Presidente da República não falam sobre o assunto mais delicado do momento, mas ao que o Expresso apurou, tudo aponta para a recondução de Joana Marques Vidal.

De acordo com o semanário, a notícia nunca será oficializada antes de o primeiro-ministro regressar da visita que na próxima semana faz a Angola e antes da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, ouvir os partidos com assento parlamentar, o que deverá ocorrer antes do final do mês.
O Expresso garante que a procuradora terá deixado a porta aberta a continuar no cargo.
Publicamente, Joana Marques Vidal não se pronuncia sobre uma eventual continuidade à frente da Procuradoria-Geral da República. A questão foi levantada pelos jornalistas esta semana, mas Joana Marques Vidal apenas afirmou que a decisão de uma eventual recondução no cargo cabe ao Governo e ao Presidente da República.

O mandato da atual Procuradora-Geral da República termina dia 12 de outubro


Tópicos:

Joana Marques Vidal, Procuradora-Geral da República, Procuradoria-Geral da República, PGR,

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.