Administração regional da Madeira com férias de 25 dias úteis a partir de 2019

| País

O Conselho do Governo Regional da Madeira aprovou hoje uma proposta de decreto legislativo regional que permite à Administração Regional alargar o período anual de férias dos trabalhadores de 22 para 25 dias úteis.

A medida será implementada a partir de 2019.

Esta foi uma das deliberações da reunião semanal do executivo madeirense, chefiado pelo social-democrata Miguel Albuquerque, divulgada pela porta-voz do encontro, a secretária do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada.

O executivo decidiu também criar a carreira especial de técnicos de espaços verdes da região, como forma de "reconhecer a carreira de jardineiro", estando prevista a abertura de um concurso para a contratação destes profissionais.

Quanto aos atuais jardineiros, aqueles que desempenham funções há cinco anos vão poder ser integrados nesta carreira de especialização.

O Governo Regional também decidiu adquirir cinco parcelas de terreno no âmbito dos projetos de construção de troços da rede viária regional, o que representa um investimento na ordem dos 11 mil euros.

A informação mais vista

+ Em Foco

Raptos e assassínios de opositores em países estrangeiros, levados a cabo pelos serviços secretos, têm um longo historial.

Logo após a recuperação das armas roubadas, o ex-chefe do Estado-Maior do Exército proibiu a PJ de entrar na base de Santa Margarida.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

      Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.