Administração regional da Madeira com férias de 25 dias úteis a partir de 2019

| País

O Conselho do Governo Regional da Madeira aprovou hoje uma proposta de decreto legislativo regional que permite à Administração Regional alargar o período anual de férias dos trabalhadores de 22 para 25 dias úteis.

A medida será implementada a partir de 2019.

Esta foi uma das deliberações da reunião semanal do executivo madeirense, chefiado pelo social-democrata Miguel Albuquerque, divulgada pela porta-voz do encontro, a secretária do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada.

O executivo decidiu também criar a carreira especial de técnicos de espaços verdes da região, como forma de "reconhecer a carreira de jardineiro", estando prevista a abertura de um concurso para a contratação destes profissionais.

Quanto aos atuais jardineiros, aqueles que desempenham funções há cinco anos vão poder ser integrados nesta carreira de especialização.

O Governo Regional também decidiu adquirir cinco parcelas de terreno no âmbito dos projetos de construção de troços da rede viária regional, o que representa um investimento na ordem dos 11 mil euros.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.