Administração regional da Madeira com férias de 25 dias úteis a partir de 2019

| País

O Conselho do Governo Regional da Madeira aprovou hoje uma proposta de decreto legislativo regional que permite à Administração Regional alargar o período anual de férias dos trabalhadores de 22 para 25 dias úteis.

A medida será implementada a partir de 2019.

Esta foi uma das deliberações da reunião semanal do executivo madeirense, chefiado pelo social-democrata Miguel Albuquerque, divulgada pela porta-voz do encontro, a secretária do Ambiente e Recursos Naturais, Susana Prada.

O executivo decidiu também criar a carreira especial de técnicos de espaços verdes da região, como forma de "reconhecer a carreira de jardineiro", estando prevista a abertura de um concurso para a contratação destes profissionais.

Quanto aos atuais jardineiros, aqueles que desempenham funções há cinco anos vão poder ser integrados nesta carreira de especialização.

O Governo Regional também decidiu adquirir cinco parcelas de terreno no âmbito dos projetos de construção de troços da rede viária regional, o que representa um investimento na ordem dos 11 mil euros.

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.