Agitação no cais fluvial do Barreiro devido a greve dos mestres

| País
Agitação no cais fluvial do Barreiro devido a greve dos mestres

A ver: Agitação no cais fluvial do Barreiro devido a greve dos mestres

Houve confusão na manhã desta quarta-feira no cais fluvial do Barreiro, na margem sul do Tejo.

A Soflusa já disse que não sabe quando vão ser repostas as ligações fluviais entre Barreiro e Lisboa, que começaram a ser suprimidas na sexta-feira.

Em causa está a greve dos mestres às horas extraordinárias, por faltarem 24 destes profissionais.

As imagens de vídeo amador mostram muita agitação e uma grande afluência de passageiros no cais.

A situação já foi criticada pelo autarca do Barreiro. Frederico Rosa diz que é imperioso reforçar os recursos humanos nestas ligações.

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi há 50 anos que o Homem partiu para a Lua. De Cabo Canaveral, nos EUA, seguiram três astronautas para colocar os nomes na história da humanidade.

Ouvido pela RTP, o artista chinês mostra-se convicto de que Hong Kong e Macau não serão, no futuro, controlados pela China.

Começa a legislatura do Parlamento Europeu saído das últimas eleições. Conheça aqui os eurodeputados portugueses e as suas prioridades.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.