Albano Morais Pinto novo diretor do DCIAP

| País

|

O Conselho Superior do Ministério Público nomeou, por unanimidade, o procurador-geral adjunto Albano Manuel Morais Pinto como diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP). A deliberação foi tomada esta quinta-feira, em sessão plenária, presidida pela procuradora-geral da República, lê-se em comunicado enviado às redações.

Albano Morais Pinto, que atualmente estava no Supremo Tribunal de Justiça e, em acumulação, exercia funções de auditor jurídico nos Ministérios da Administração Interna e da Defesa Nacional, vai substituir no DCIAP Amadeu Guerra, que tomou posse na segunda-feira como procurador-geral distrital de Lisboa.

Albano Morais Pinto nasceu em 1955 em Coimbra. Licenciado em Direito pela Faculdade da Universidade de Coimbra, entrou para o Ministério Público em 1982, tendo sido promovido a Procurador da República, em 2000. Foi então colocado no círculo judicial das Caldas da Rainha e, depois, no círculo judicial de Leiria onde desempenhou funções de coordenador durante quase uma década.

Em 2014, Albano Morais Pinto foi promovido a Procurador-Geral Adjunto. De Setembro de 2002 a Agosto de 2004 exerceu o cargo de Diretor Nacional Adjunto (da Direção Central de Investigação da Corrupção e Criminalidade Económica e Financeira) da Polícia Judiciária.

Tópicos:

Albano Morais Pinto, Amadeu Guerra, Procuradoria-geral da República, DCIAP,

A informação mais vista

+ Em Foco

Sabrina, Quincy, Luís e Victor. São os nomes de quatro requerentes de ...

    Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.