Aldeias recomeçam do zero após os incêndios

| País
Aldeias recomeçam do zero após os incêndios

A ver: Aldeias recomeçam do zero após os incêndios

Algumas aldeias foram fustigadas pelo incêndio, mas os habitantes conseguiram escapar. É o caso de Figueira, em Pedrógão Grande, onde os poucos moradores começam agora a fazer contas à vida.

A informação mais vista

+ Em Foco

No Telejornal, Bernardo Pires de Lima comentou a decisão da Casa Branca sobre Jerusalém, agora reconhecida como a capital de Israel.

A Coreia do Norte continua a desafiar o mundo com testes de mísseis balísticos e armas nucleares.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.