Amadora-Sintra a meio gás devido a greve de anestesistas e auxiliares administrativos

| País
Amadora-Sintra a meio gás devido a greve de anestesistas e auxiliares administrativos

RTP

À greve dos anestesistas do Hospital Amadora-Sintra, iniciada segunda-feira, juntam-se agora os auxiliares administrativos com objetivo de pressionar a administração deste hospital.

As consultas externas estão encerradas e o funcionamento hospitalar está a meio gás, de acordo com o Sindicato do Sul dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais. O sindicalista Sebastião Santana afirma que a adesão ao protesto é de 100 por cento.

Os auxiliares do Amadora-Sintra estão em greve como forma de pressionar administração do hospital Fernando Fonseca a aplicar um acordo coletivo de trabalho como acontece nos outros hospitais.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma foto partilhada por um climatólogo tornou-se viral, ao expor o fenómeno abrupto de degelo.

Ján Kuciak e Martina Kusnírová foram encontrados mortos em casa, a ...

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.