Andebol do Sporting. Polícia Judiciária faz buscas em Alvalade

| País

Adeptos do Sporting saíram à rua em solidariedade com a equipa de futebol, após os atos de violência na Academia de Alcochete
|

A Polícia Judiciária desencadeou esta quarta-feira buscas na SAD do Sporting, no Estádio de Alvalade. As diligências da polícia de investigação criminal estão relacionadas com o alegado esquema de corrupção no campeonato de andebol, noticiado na véspera pela imprensa.

É mais um capítulo da crise que se abate sobre o Sporting Clube de Portugal. Depois dos atos de violência na Academia de Alcochete, durante a tarde de terça-feira, a SAD leonina é alvo de buscas da Polícia Judiciária, no âmbito do inquérito que incide sobre suspeitas de corrupção no andebol.A RTP apurou que, além das diligências em Alvalade, estão a decorrer pelo menos quatro buscas domiciliárias.

O Ministério Público havia confirmado ontem a abertura de uma investigação à alegada compra de equipas de arbitragem nos jogos de andebol profissional, num esquema que teria dado o título nacional ao Sporting na época de 2016/17. As presumíveis irregularidades foram noticiadas na edição de terça-feira do Correio de Manhã.

Já depois de ter repudiado o que considerou ser uma campanha difamatória, o próprio Sporting abriu um processo interno de inquérito ao funcionário do gabinete de apoio ao atleta Gonçalo Rodrigues, elemento que teria estado envolvido no esquema.

“A administração chamou o funcionário Gonçalo Rodrigues, em função das notícias veiculadas hoje pelo Correio da Manhã, sobre o seu alegado envolvimento neste caso, que respondeu que nada tinha feito, estava de consciência absolutamente tranquila”, confirmou fonte do clube, citada pela agência Lusa.

“A administração decidiu abrir um processo de inquérito para apurar qual o seu envolvimento no que veio publicado no Correio da Manhã. Na sequência disso, Gonçalo Rodrigues autossuspendeu-se de funções enquanto durar o processo de inquérito”, acrescentou a mesma fonte.

Tópicos:

Alvalade, Andebol, Buscas, Corrupção, Polícia Judiciária, Sporting,

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Um dos mais conceituados politólogos sul-coreanos revelou à RTP o modo de pensar e agir de Pyongyang.

    Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

      Uma caricatura do mundo em que vivemos.