Arábia Saudita reconhece morte de Khashoggi no consulado em Istambul

| Mundo
Arábia Saudita reconhece morte de Khashoggi no consulado em Istambul

Foto: Murad Sezer - Reuters

Houve desenvolvimentos no caso do jornalista que terá sido assassinado no interior do consulado saudita em Istambul, na Turquia. A agência de notícias saudita SPA avança que foi uma luta em pleno consulado que resultou na morte de Khashoggi.

Depois do encontro entre o chefe da diplomacia norte-americana e o rei da Arábia Saudita, Donald Trump já disse que as explicações de Riade sobre a morte de Jamal Khashoggi são credíveis.

Por outro lado, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, declarou este sábado estar "profundamente preocupado com a confirmação da morte do jornalista".
 
De acordo com um comunicado divulgado pela ONU, António Guterres aponta para a "necessidade de uma investigação rápida, completa e transparente sobre as circunstâncias da morte".

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

O presidente da Câmara dos Comuns é, digamos assim, o equivalente ao presidente da Assembleia da República em Portugal.

Neste Manual do Brexit, explicamos em 12 pontos o que está em causa e os cenários que se colocam.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      A entrevista ao ativista de Direitos Humanos para o programa Olhar o Mundo.