Associação Solidariedade Imigrante contesta a demora na resposta a pedidos de asilo

por Antena 1

Foto: Direitos Reservados

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto foi palco de um motim provocado por 11 migrantes que estão há várias semanas à espera por uma decisão das autoridades, para saírem do país.

Os homens de nacionalidade marroquina tinham chegado a Portugal de barco, há cerca de dois meses e destruíram cadeiras, mesas e paredes naquelas instalações do SEF.

Estes acabaram detidos pela polícia.

Ouvido há momentos pela Antena 1, Jorge Silva, vice-presidente da Associação Solidariedade Imigrante, considera inadmissível que estes migrantes estejam há tanto tempo à espera de uma resposta.
pub