Aumenta para 27 as aldeias evacuadas em Góis

| País

O número de aldeias hoje evacuadas em Góis, no distrito de Coimbra, devido ao incêndio que lavra desde sábado no concelho, aumentou de 18 para 27, disse o secretário de Estado da Administração Interna.

O governante Jorge Gomes falava aos jornalistas no posto de comando instalado na Selada do Braçal, junto à Estrada Nacional 112, que dá acesso à Pampilhosa da Serra, onde informou que as pessoas evacuadas estão a ser acolhidas no quartel de bombeiros de Góis.

De acordo com o secretário de Estado da Administração Interna, o combate às chamas em Góis já conta com mil operacionais no terreno.

"Neste momento o que importa é a proteção das pessoas e é nisso que estamos a trabalhar. Pedimos às pessoas que não saiam das suas residências, pois a GNR está a efetuar um trabalho de muita proximidade com a população", acrescentou.

O incêndio que lavra desde sábado em Góis aumentou de extensão nas últimas horas devido às constantes mudanças de vento e são esperados mais reforços nas próximas horas.

 

 

Tópicos:

Estrada, Góis Góis, Incêndios Aumenta, Pampilhosa, Selada,

A informação mais vista

+ Em Foco

A causa do incêndio do Pedrogão Grande terá sido uma linha elétrica de média tensão. Esta é uma das principais conclusões do relatório que o professor Xavier Viegas entregou ao Governo.

Impostos, orçamentos, metas para o próximo ano. A RTP descodifica a proposta de Orçamento do Estado apresentada pelo ministro das Finanças esta sexta-feira.

    Mário Centeno também deixou no ar a ideia de que, na discussão da especialidade do OE2018, seja posto um ponto final nos cortes do subsídio de desemprego.

    Os governos espanhol e catalão além de estarem de costas voltadas entrincheiraram-se em narrativas de auto-justificação absolutamente incompatíveis entre si.