Autarca de Mação rejeita relatório da Proteção Civil sobre incêndio

| País
Autarca de Mação rejeita relatório da Proteção Civil sobre incêndio

A ver: Autarca de Mação rejeita relatório da Proteção Civil sobre incêndio

A Câmara de Mação decidiu avançar com uma participação à Inspeção Geral de Administração Interna com o objetivo de apurar responsabilidades no incêndio de julho.

A autarquia considera que o relatório que recebeu do Governo é insatisfatório e aprovou avançar com uma participação à IGAI, após votação por unanimidade na Assembleia Municipal.

Vasco Estrela, presidente da Câmara de Mação, afirma que o documento não atribui responsabilidades nem aponta em que momento foram tomadas as decisões.

"O relatório é muito pouco minucioso. É um relatório claramente insatisfatório", referiu o autarca.

Em declarações à TSF, Vasco Estrela refere que "há um conjunto de explicações que têm de ser dadas por quem de direito".

A informação mais vista

+ Em Foco

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas. Perto de 70 ficaram feridas. Passou um mês desde o 15 de outubro.

    Todos os anos as praias portuguesas são utilizadas por milhões de pessoas de diferentes nacionalidades e a relação ambiental com estes espaços não é a mais correta.

      Doze meses depois da eleição presidencial de 8 de novembro de 2016, com Donald Trump ao leme da Casa Branca, os Estados Unidos mudaram. E o mundo afigura-se agora mais perigoso.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.