Autarca de Pedrógão Grande pondera abrir processo interno

| País
Autarca de Pedrógão Grande pondera abrir processo interno

Foto: Reuters

Telemóveis, computadores e documentos foram apreendidos em Pedrógão Grande.

A Polícia Judiciária tem estado a realizar buscas nas instalações do município e na Casa da Cultura no âmbito do processo que investiga alegadas irregularidades no uso de fundos para a reconstrução de casas em Pedrógão Grande.

O presidente da câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves, admitiu que podem existir casos de habitações não permanentes reconstruídas com apoios, e pondera avançar com um processo interno.

Valdemar Alves explicou aos jornalistas que fica satisfeito com a atuação das autoridades. O presidente da cãmara recusa a ideia de que tenha existido alguma fraude e acrescenta que, por enquanto, não é arguido.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.