Autarca fala em situação "muito crítica", após explosão que provocou mortes

| País

O presidente da Câmara de Tondela, José António Jesus, considerou hoje como "muito crítica" a situação decorrente de uma explosão de uma caldeira numa associação recreativa naquele município, que terá provocado seis mortos, de acordo com GNR.

O incêndio que deflagrou hoje numa associação em Vila Nova da Rainha, concelho de Tondela, causou pelo menos seis mortos, disse à agência Lusa fonte do comando nacional da GNR.

O incêndio ocorreu durante um jantar numa associação recreativa naquela localidade, causando ainda pelo menos 50 feridos, entre graves e feridos, disse à Lusa o oficial de operações da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) Paulo Santos.

Pelas 22:15 estavam no local 148 operacionais apoiados por 57 viaturas, de acordo com informações na página da ANPC.

O alerta foi dado às 20:51 e pelas 21:50 o fogo foi dado como extinto.

"Há muitas vítimas a serem atendidas, algumas já transportadas para os hospitais. São várias dezenas de feridos. Felizmente, os meios foram acionados rapidamente, mas isto é quase uma situação de catástrofe", sublinhou o autarca.

De acordo com José António Jesus, a explosão ocorreu numa associação recreativa, que tem umas instalações com dois pisos.

"Há muitos feridos com queimaduras e outros com problemas decorrentes do fumo", concluiu.

SSS/SS/JRS // JPF

 

Tópicos:

Câa, Proteção,

A informação mais vista

+ Em Foco

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Em entrevista ao programa Visão Global da Antena 1, o ministro dos Negócios Estrangeiros reforça o apoio ao diálogo político na Venezuela e falou sobre as relações entre Portugal e Angola.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.