Bebé de dois anos retirada à força à mãe para ser entregue ao pai

| País
Bebé de dois anos retirada à força à mãe para ser entregue ao pai

A ver: Bebé de dois anos retirada à força à mãe para ser entregue ao pai

Uma bebé de dois anos foi retirada à força pela GNR enquanto estava a ser amamentada.

A mãe descreve que cinco militares da Guarda a prenderam à cama e levaram-lhe a filha para a entregarem ao pai.

A GNR assegura que a retirada aconteceu sem incidentes, mas o certo é que o despacho do juíz do tribunal de família e menores do Barreiro dizia expressamente que a Guarda poderia recorrer à força.

O caso torna-se ainda mais chocante pela desproporcionalidade da decisão face aos factos descritos no despacho que deu origem à alteração da guarda provisória da criança.

A mãe mudou de morada e agora só pode ver a filha de 15 em 15 dias, pelo que - contra pareceres médicos - fica proibida de a continuar a amamentar.

A informação mais vista

+ Em Foco

A primeira-ministro britânica descarta um segundo referendo, por considerar que não vai solucionar a encruzilhada que o Reino Unido enfrenta.

Xi Jinping passou dois dias em Lisboa, na primeira visita de Estado a Portugal desde que é Presidente da República Popular da China. Foram assinados vários acordos bilaterais.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      O processo de degelo na Gronelândia acelerou substancialmente nas últimas décadas. Os investigadores alertam para o perigo da subida do nível da água do mar.