Bebé de dois anos retirada à força à mãe para ser entregue ao pai

| País
Bebé de dois anos retirada à força à mãe para ser entregue ao pai

A ver: Bebé de dois anos retirada à força à mãe para ser entregue ao pai

Uma bebé de dois anos foi retirada à força pela GNR enquanto estava a ser amamentada.

A mãe descreve que cinco militares da Guarda a prenderam à cama e levaram-lhe a filha para a entregarem ao pai.

A GNR assegura que a retirada aconteceu sem incidentes, mas o certo é que o despacho do juíz do tribunal de família e menores do Barreiro dizia expressamente que a Guarda poderia recorrer à força.

O caso torna-se ainda mais chocante pela desproporcionalidade da decisão face aos factos descritos no despacho que deu origem à alteração da guarda provisória da criança.

A mãe mudou de morada e agora só pode ver a filha de 15 em 15 dias, pelo que - contra pareceres médicos - fica proibida de a continuar a amamentar.

A informação mais vista

+ Em Foco

No mês do Mundial de futebol a RTP faz uma radiografia da vida na Rússia.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Um olhar aos altos e baixos da relação entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.