Bens angariados no Luxemburgo chegaram a Portugal

| País
Bens angariados no Luxemburgo chegaram a Portugal

Foto: Lusa

Chegou esta manhã, a Gondomar, um camião com bens angariados pela comunidade portuguesa no Luxemburgo. Os bens, que vão já a caminha da zona centro, vão ser distribuídos sob o olhar atento da Cruz Vermelha de Gondomar/Bagim, como disse à RDP internacional, Deocliciano Carvalho, responsável pela delegação.

A iniciativa de solidariedade partiu de Mário Ferreira, um luso-luxemburguês que, depois de "conhecer o estado de calamidade de Portugal em outubro", criou o projeto "Corações Unidos".

A angariação de bens uniu mais de meia centena de pessoas, no Luxembrugo, que quiseram "ajudar as famílias afetadas em Portugal". Agora, os bens vão ser entregues o mais depressa possivel.


Deocliciano Carvalho disse ainda a RDP internacional que está previsto chegar, na próxima semana, mais dois camiões com bens oriundos também da comunidade portuguesa no Luxemburgo.

A empresa Equação Motor responsabilizou-se pelo custo de recolha dos bens no Grão-Ducado, enquanto o transporte está a ser assegurado pela Transportes Ferreira Oliveira, que tem sede na Figueira da Foz. O valor da deslocação ficou a cargo da construtora luxemburguesa SOPINOR.

Cabe à delegação de Gondomar/Valongo, da Cruz Vermelha, distribuir os bens recolhidos às vítimas dos incêndios.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.