Câmara de Gaia integra projeto internacional de luta contra planta invasora

| País

A Câmara de Vila Nova de Gaia anunciou hoje que vai integrar um projeto internacional de luta contra uma planta invasora agressiva, uma iniciativa que inclui planos de gestão da espécie e campanhas de sensibilização.

Em causa a erva-das-pampas (ou Cortaderia selloana), planta invasora agressiva com proliferação tanto em áreas naturais como em áreas que tenham mão humana.

Em comunicado, a Câmara de Gaia aponta que a Comissão Europeia aprovou o projeto LIFE+ Stop Cortaderia, cujo investimento é de 3.500.000 euros, 52% dos quais financiados pela União Europeia.

O projeto desenvolve-se ao longo de quatro anos e é uma iniciativa transnacional, com a participação de entidades portuguesas, espanholas e francesas.

Ainda de acordo com a autarquia de Gaia, distrito do Porto, as entidades envolvidas vão colaborar numa série de iniciativas de luta contra esta espécie invasora ao longo do Arco do Atlântico, desde o centro/norte do litoral português até ao sul de França.

As ações a implementar incluem o desenvolvimento de estratégias e planos de ação para gestão da espécie e campanhas de comunicação para informar e alertar os cidadãos sobre as graves ameaças associadas à expansão da espécie.

Na sua nota, a autarquia liderada pelo PS de Eduardo Vítor Rodrigues descreve que o projeto LIFE + Stop Cortaderia inclui 20 ações que vão desenvolver-se entre 2018 e 2022, estando agrupadas em quatro grupos: ações preparatórias e estudos prévios, ações diretas de eliminação e controlo da espécie invasora, monitorização e seguimento das ações de controlo, de difusão e sensibilização.

A Câmara de Gaia destaca a realização da cartografia da erva-das-pampas desde o litoral centro/norte de Portugal até à Cantábria, através de técnicas de deteção remota que permitirão ter uma imagem precisa da extensão desta espécie.

Posteriormente, esta cartografia permitirá avaliar os resultados das intervenções de controlo de erva-das-pampas, incluindo em zonas de elevada densidade (estradas, zonas industriais e mineiras e zonas periurbanas).

"Será, ainda, criada uma rede de alerta precoce e resposta rápida para detetar novos focos de invasão ao longo do Arco Atlântico e uma campanha de comunicação nos meios de comunicação social", descreve a nota camarária.

Tópicos:

Arco, Câa, Gaia, LIFE + Stop Cortaderia,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 7 de outubro de 1944, os trabalhadores forçados do Sonderkommando de Auschwitz-Birkenau atacaram os guardas da SS.

De A a Z. Uma infografia para conhecer como funciona o Parlamento.

    Os portugueses escolheram os seus representantes a 6 de outubro. Acompanhe toda a informação sobre as Eleições Legislativas.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.