Câmara de Gaia integra projeto internacional de luta contra planta invasora

| País

A Câmara de Vila Nova de Gaia anunciou hoje que vai integrar um projeto internacional de luta contra uma planta invasora agressiva, uma iniciativa que inclui planos de gestão da espécie e campanhas de sensibilização.

Em causa a erva-das-pampas (ou Cortaderia selloana), planta invasora agressiva com proliferação tanto em áreas naturais como em áreas que tenham mão humana.

Em comunicado, a Câmara de Gaia aponta que a Comissão Europeia aprovou o projeto LIFE+ Stop Cortaderia, cujo investimento é de 3.500.000 euros, 52% dos quais financiados pela União Europeia.

O projeto desenvolve-se ao longo de quatro anos e é uma iniciativa transnacional, com a participação de entidades portuguesas, espanholas e francesas.

Ainda de acordo com a autarquia de Gaia, distrito do Porto, as entidades envolvidas vão colaborar numa série de iniciativas de luta contra esta espécie invasora ao longo do Arco do Atlântico, desde o centro/norte do litoral português até ao sul de França.

As ações a implementar incluem o desenvolvimento de estratégias e planos de ação para gestão da espécie e campanhas de comunicação para informar e alertar os cidadãos sobre as graves ameaças associadas à expansão da espécie.

Na sua nota, a autarquia liderada pelo PS de Eduardo Vítor Rodrigues descreve que o projeto LIFE + Stop Cortaderia inclui 20 ações que vão desenvolver-se entre 2018 e 2022, estando agrupadas em quatro grupos: ações preparatórias e estudos prévios, ações diretas de eliminação e controlo da espécie invasora, monitorização e seguimento das ações de controlo, de difusão e sensibilização.

A Câmara de Gaia destaca a realização da cartografia da erva-das-pampas desde o litoral centro/norte de Portugal até à Cantábria, através de técnicas de deteção remota que permitirão ter uma imagem precisa da extensão desta espécie.

Posteriormente, esta cartografia permitirá avaliar os resultados das intervenções de controlo de erva-das-pampas, incluindo em zonas de elevada densidade (estradas, zonas industriais e mineiras e zonas periurbanas).

"Será, ainda, criada uma rede de alerta precoce e resposta rápida para detetar novos focos de invasão ao longo do Arco Atlântico e uma campanha de comunicação nos meios de comunicação social", descreve a nota camarária.

Tópicos:

Arco, Câa, Gaia, LIFE + Stop Cortaderia,

A informação mais vista

+ Em Foco

O criador dos óculos de realidade virtual está a desenvolver tecnologia que vai transferir jogos de vídeo para os campos de batalha.

Reunimos aqui reportagens sobre as forças de elite portuguesas, emitidas por ocasião dos 100 anos do Armistício que pôs fim à I Guerra Mundial.

    O coração de Lisboa foi palco do maior desfile militar dos últimos 100 anos no país, por ocasião do centenário do Armistício que pôs fim à I Grande Guerra.

      Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.