Canábis. Alguns doentes admitem recorrer ao mercado negro

| País
Canábis. Alguns doentes admitem recorrer ao mercado negro

A ver: Canábis. Alguns doentes admitem recorrer ao mercado negro

Com a entrada em vigor da nova lei sobre canábis para fins medicinais há muitos produtos que começaram a faltar no mercado por falta de autorização do Infarmed.

Alguns doentes admitem estar a recorrer ao mercado negro. Um dos produtos em falta é o óleo de canabidiol, uma substância utilizada para aliviar a dor crónica e náuseas provocadas pela quimioterapia. É também utilizado com sucesso por doentes epiléticos.

A informação mais vista

+ Em Foco

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Mação, que ardeu no mês passado, era apontado como o concelho modelo na prevenção de incêndios. Nada impediu que o fogo voltasse.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.