Cáritas de Viseu vai reforçar alojamento para refugiados, sem abrigo e violência doméstica

por Antena 1

Foto: Caritas Viseu/DR

A Cáritas de Viseu deu conta de que vai reforçar a capacidade de alojamento para refugiados, sem abrigo e vítimas de violência doméstica. A instituição vai recuperar imóveis que vão servir de habitação temporária de emergência para estas pessoas.

O projeto nasceu com a chegada a Portugal de muitos refugiados ucranianos.

Em declarações à Antena 1 o presidente da Cáritas, Felisberto Figueiredo, revela que não param de chegar pedidos de ajuda à instituição.

A Cáritas de Viseu vai ter capacidade para dar abrigo de emergência a mais 14 pessoas, entre refugiados, sem abrigo e vítimas de violência
pub