Combate à violência e saúde são prioridades do PS para a próxima legislatura

| País
Combate à violência e saúde são prioridades do PS para a próxima legislatura

Foto: Manuel de Almeida - Lusa

Em modo de preparação para a campanha das legislativas, António Costa fechou os trabalhos, este sábado ao fim do dia. O líder socialista admitiu pretender rever a Constituição como medida para combater a violência doméstica.

António Costa, admitiu este sábado, que se for necessário, pretende avançar na próxima legislatura para uma revisão da Constituição da República para combater a violência doméstica através de uma “abordagem judicial integrada”.

Na sua intervenção no final na Convenção Nacional do PS, que hoje aprovou o programa do partido, o líder socialista e primeiro-ministro afirmou que, “pessoalmente e como jurista”, não acredita que essa abordagem judicial integrada, que combine direito de família e direito criminal, implique qualquer inconstitucionalidade.


Além disso, se os socialistas formarem Governo, a saúde será "a joia da coroa" do novo Governo na próxima legislatura, considerando que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) é um desafio.

António Costa deixou esta promessa no final de um discurso com cerca de uma hora, no encerramento da Convenção Nacional do PS, que aprovou por unanimidade o programa eleitoral dos socialistas.

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.