Concentração de enfermeiros coincide com greve com adesão de 90%, diz sindicato

| País

|

Algumas dezenas de enfermeiros estão hoje concentrados junto à Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, coincidindo com uma greve de profissionais na região que está a registar uma adesão acima dos 90%, segundo o sindicato.

Os enfermeiros dos cuidados de saúde primários e das unidades de cuidados de saúde personalizados da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) cumprem hoje um dia de greve e, segundo Rui Marroni, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), a paralisação está a registar uma adesão entre os 90% e os 100%.

Os profissionais exigem "o cumprimento da lei" no descongelamento da carreira e na reposição salarial dos enfermeiros, bem como a contratação de mais trabalhadores.

"Progressão afinal é ilusão?", lê-se numa faixa afixada por elementos do SEP junto à sede da ARSLVT.

Segundo Rui Marroni, há vários centros de saúde a registarem adesões de 100% à greve, como nos casos de Lourinhã, Sobral de Monte Agraço, Mafra, Azambuja Moita e Quinta do Conde.

Tópicos:

Enfermeiros, Lourinhã Sobral,

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma sondagem da Universidade Católica aponta para o fim da hegemonia laranja na Madeira, apesar da vitória do PSD nas regionais (38%) do próximo domingo.

Na semana em que se assinala o início da II Guerra Mundial, a RTP conta histórias de portugueses envolvidos diretamente no conflito.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.