Condições naturais de exceção justificam fogo de Monchique

| País
Condições naturais de exceção justificam fogo de Monchique

A dimensão do incêndio de Monchique deve-se às condições meteorológicas excecionais. É o que diz o Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Questionado na última noite na estação de televisão TVI sobre se houve um falhanço na estratégia de combate ao incêndio, o ministro da Administração Interna respondeu com as condições excecionais que se viveram na serra algarvia.

Eduardo Cabrita prometeu para depois do fim do incêndio, uma avaliação conjunta dos prejuízos com os municípios afetados, em articulação com vários ministérios.

O ministro da Administração Interna falou ainda do trabalho do comandante distrital da proteção civil de Faro, Eduardo Cabrita saiu em defesa de Vítor Vaz Pinto.



Eduardo Cabrita referiu ainda que a passagem das operações para o comando nacional da Proteção Civil se deveu à dimensão e duração do incêndio.

A informação mais vista

+ Em Foco

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em novos conteúdos de serviço público que podem ser seguidos na página RTP Europa.

    Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

      O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

        Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.