Conselho de Finanças Públicas confirma défice de 3%

| País
Conselho de Finanças Públicas confirma défice de 3%

Foto: Reuters

O conselho de Finanças Públicas conclui, num relatório, que mais de dois terços do valor do défice orçamental de 2017, que se fixou, segundo o INE nos 3%, se deve à injeção de capital no banco público. O que não constava das previsões iniciais do Ministério das Finanças.

O valor poderia ter sido bem menor, diz o relatório, não fosse o impacto da recapitalização da Caixa Geral de Depositos.

Este relatório da entidade presidida por Teodora Cardoso também conclui que, em matéria de cativações, Mário Centeno está ao nível dos antecessores: Vítor Gaspar e Maria Luís Albuquerque.

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.