Conselho de Finanças Públicas confirma défice de 3%

| País
Conselho de Finanças Públicas confirma défice de 3%

Foto: Reuters

O conselho de Finanças Públicas conclui, num relatório, que mais de dois terços do valor do défice orçamental de 2017, que se fixou, segundo o INE nos 3%, se deve à injeção de capital no banco público. O que não constava das previsões iniciais do Ministério das Finanças.

O valor poderia ter sido bem menor, diz o relatório, não fosse o impacto da recapitalização da Caixa Geral de Depositos.

Este relatório da entidade presidida por Teodora Cardoso também conclui que, em matéria de cativações, Mário Centeno está ao nível dos antecessores: Vítor Gaspar e Maria Luís Albuquerque.

A informação mais vista

+ Em Foco

Uma semana após a extinção do incêndio de Monchique, a televisão pública esteve no barlavento algarvio com uma emissão especial sobre o cíclico flagelo dos incêndios e as alterações climáticas.

    Fãs de Aretha Franklin homenagearam a icónica cantora norte-americana em várias cidades dos Estados Unidos. A rainha da Soul morreu na manhã de quinta-feira na sua casa em Detroit.

      Uma parte central da Ponte Morandi, em Génova, Itália, desabou na manhã de terça-feira durante uma tempestade. Morreram dezenas de pessoas.

        Há uma nova rota turística pela cidade de Lisboa, baseada em memórias de lisboetas mais antigos. São beneficiários da Associação Mais Proximidade Melhor Vida.