Conselho de Finanças Públicas confirma défice de 3%

| País
Conselho de Finanças Públicas confirma défice de 3%

Foto: Reuters

O conselho de Finanças Públicas conclui, num relatório, que mais de dois terços do valor do défice orçamental de 2017, que se fixou, segundo o INE nos 3%, se deve à injeção de capital no banco público. O que não constava das previsões iniciais do Ministério das Finanças.

O valor poderia ter sido bem menor, diz o relatório, não fosse o impacto da recapitalização da Caixa Geral de Depositos.

Este relatório da entidade presidida por Teodora Cardoso também conclui que, em matéria de cativações, Mário Centeno está ao nível dos antecessores: Vítor Gaspar e Maria Luís Albuquerque.

A informação mais vista

+ Em Foco

No mês do Mundial de futebol a RTP faz uma radiografia da vida na Rússia.

    Entrevista a António Mateus para o programa "Olhar o Mundo". Veja aqui.

    Um olhar aos altos e baixos da relação entre o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

      Dados revelados no Digital News Report de 2018 do Reuters Institute.