Corpo do militar português morto no Mali chega quarta-feira a Ovar

| País

O corpo do militar português morto no domingo num ataque terrorista no Mali deverá chegar na madrugada de quarta-feira à base de Ovar, transportado por um C-130 da Força Aérea, disse à Lusa fonte do ministério da Defesa.

Um avião C-130 da Força Aérea Portuguesa partiu hoje para o Mali para transportar os restos mortais do militar para Portugal, sendo aguardado na base militar de Ovar durante a madrugada de quarta-feira.

O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, estará presente no aeródromo militar, em Maceda, Ovar, acrescentou a mesma fonte.

Gil Fernando Paiva Benido, natural de Valongo, 42 anos, integrava desde maio o contingente nacional na missão da União Europeia no Mali, sediada em Bamako, e era adjunto do oficial de transmissões da força portuguesa.

O local onde ocorreu o ataque, Hotel Le Campement Kangaba, "é reconhecido e autorizado pela Missão de Treino no Mali - ao serviço da qual estava o militar - como `Wellfare Center´ entre os períodos de atividade operacional dos militares que prestam serviço naquele país, segundo o Estado-Maior General das Forças Armadas.

O militar morreu "devido a confrontos ocorridos na sequência de um ataque de elementos rebeldes que provocou outras baixas entre elementos de outros contingentes", segundo uma nota do Exército divulgada segunda-feira.

Outros militares ficaram feridos, "incluindo um português", que "já se encontra completamente recuperado", refere a mesma nota.

Um inquérito "no sentido de esclarecer as circunstâncias que envolveram o ataque terrorista em Bamako" já foi instaurado, adiantou segunda-feira o EMGFA.

A principal aliança `jihadista` do Sahel ligada à Al-Qaida reivindicou entretanto o atentado de domingo perto de Bamako, no Mali, num comunicado divulgado nas redes sociais e noticiado pelas agências privadas mauritanas ANI e Al-Akhbar.

No comunicado, o "Grupo de Apoio ao Islão e aos Muçulmanos" afirma que os três atacantes, pertencentes à etnia fula, morreram no ataque contra estrangeiros que durou várias horas.

 

 

Tópicos:

ANI, Bamako, Gil, Ovar, Treino, Valongo,

A informação mais vista

+ Em Foco

Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

    Quase seis décadas depois, a Presidência de Cuba deixou de estar nas mãos de um membro do clã Castro.

    Porto Santo tem em curso um projeto para se transformar na primeira ilha do planeta livre de combustíveis fósseis.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.