Costa tem esperança de um acordo com o SEP nos próximos dias

| País

O primeiro-ministro manifestou hoje esperança de que nos próximos dias Governo e Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) cheguem a um acordo e sustentou que o projetado descongelamento das carreiras vai beneficiar especialmente o setor de enfermagem.

António Costa falava aos jornalistas no final de uma reunião do Grupo Parlamentar do PS, depois de questionado sobre o diferendo entre o executivo e o setor profissional dos enfermeiros.

Nas suas declarações, o primeiro-ministro apenas se referiu ao SEP, "que tem mantido negociações com o Governo desde abril", e não aos dois sindicatos que avançaram para a greve, SIPE (Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem) e SE (Sindicato dos Enfermeiros).

"Tem havido uma postura construtiva por parte do Governo para procurar identificar questões que são justas, que são compatíveis com a nossa estratégia orçamental e tendo em conta o equilíbrio que temos de ter entre as diferentes carreiras, entre as carreiras gerais, para não criar situações de desigualdade relativa. Esse é o trabalho que tem sido feito pelos ministérios da Saúde e das Finanças e tenho esperança de que se encontre um acordo com o SEP nos próximos dias", declarou António Costa.

Em relação ao descongelamento das carreiras, o primeiro-ministro disse que se trata de um dos assuntos em discussão com o SEP.

"O descongelamento de carreiras será especialmente benéfico no caso dos enfermeiros, já que têm um sistema de avaliação e de pontuação majorado relativamente aos outros quadros da administração pública. O impacto será mais positivo", sustentou.

Outro tema que tem estado em análise, segundo António Costa, é relativo à aplicação das 35 horas de trabalho semanais para enfermeiros com contratos individuais de trabalho.

"Há também a situação específica das novas gerações de enfermeiros especialistas que têm uma situação diferenciada face aos antigos enfermeiros especialistas e aos enfermeiros gerais. São estes os temas que têm estado em análise, ainda não há acordo, mas está marcada uma nova reunião para prosseguir a negociação com o SEP, creio que para quinta-feira", referiu António Costa.

Tópicos:

Enfermeiros,

A informação mais vista

+ Em Foco

No 20.º aniversário da Exposição Universal sobre os Oceanos, a Antena 1 e a RTP estiveram à conversa com alguns dos protagonistas do evento.

    Em 9 de abril de 1918, a ofensiva alemã varre a resistência portuguesa. O dossier que se segue lança um olhar sobre o antes, o durante e o depois.

      Portugal foi oficialmente um país neutro na 2ª guerra Mundial. Mas isso não impediu que quase mil portugueses tivessem sido deportados, feitos prisioneiros ou escravos pelos nazis.

        Uma caricatura do mundo em que vivemos.