EDP rejeita qualquer hipótese de negligência nos fogos de outubro

| País
EDP rejeita qualquer hipótese de negligência nos fogos de outubro

Foto: Guillermo Martinez - Reuters

A EDP Distribuição rejeita qualquer hipótese de negligência nos fogos de outubro de 2017. Em comunicado, a empresa assegura que "não ocorreu qualquer incêndio associado a queda de árvores sobre a rede na zona da Lousã".

No relatório entregue ontem (terça-feira) no Parlamento, a comissão técnica independente refere que o fogo da Lousã teve causa negligente e a origem pode resultar do não cumprimento pela EDP do regulamento de segurança das linhas elétricas, mas a empresa recusa a acusação.

A informação mais vista

+ Em Foco

A ONU alerta para um ano de grande instabilidade e de necessidades maiores por parte da população civil.

Os dias estão mais quentes e não é por causa do advento da primavera. A razão está identificada - as alterações climáticas fazem-se sentir em todo o planeta e as consequências espelham-se em fenómenos extremos.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.