Espetáculos desportivos e jogos podem ser proibidos em dias de eleições

| País
Espetáculos desportivos e jogos podem ser proibidos em dias de eleições

Reuters

O Governo vai criar uma lei que visa proibir, em dia de eleições, todo o tipo de jogos e espetáculos desportivos.

A lei vai avançar apenas depois das autárquicas de dia 1 de outubro, isto porque voltou a surgir a polémica de este tipo de evento ajudar a criar mais abstenção em dia de eleições.

Nestas eleições autárquicas, a Liga Portuguesa de Futebol voltou a agendar jogos para o dia eleitoral e as críticas voltaram a ecoar.

O secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo, promete criar assim uma nova lei para não distrair os eleitores do essencial e evitar novos casos no futuro.

Para o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições, João Tiago Machado, a lei pode ser uma boa alternativa à falta de bom senso.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

Na edição deste sábado do 360, na RTP3, o jornalista António Louçã, autor da grande reportagem "Alemanha: o reverso da medalha", resumiu o contexto económico e social no chamado motor da Europa, em véspera de ida às urnas.

A Alemanha vai a votos com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.

    Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

      Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.