Estão definidas as regras da DGS para arranque do ano letivo

por RTP

A distância mínima de segurança entre alunos dentro de uma sala de aula é de um metro e os alunos a partir do quinto ano estão obrigados a usar máscara. Não apenas os alunos, mas também os professores e o pessoal não docente. As excepções são a prática da educação física e o momento da refeição.

As escolas têm autonomia para fazer a gestão de horários. Podem mesmo desfazar o momento dos intervalos que devem ser curtos de forma a evitar ajuntamentos de pessoas.

A medição de temperatura não é obrigatória nem é uma medida recomendada. Qualquer aluno com temperatura igual ou superior a 38 graus deve contactar a Linha Saúde 24.

Neste documento, a Direção Geral de Saúde define também que perante um caso confirmado de Covid-19, o rastreio de contactos deve ser iniciado imediatamente.

As escolas estão obrigadas a ter planos de contingência para saber como atuar se surgirem casos suspeitos ou confirmados. Esses planos devem prever uma área de isolamento, que só pode ser usada por um caso de cada vez. Se forem vários casos suspeitos as escolas devem recorrer a outras salas de isolamento.

O presidente da associação de escolas públicas admite que não vai ser fácil cumprir o distanciamento de um metro dentro das salas de aula, mas os Diretores acreditam que as escolas podem ser zonas seguras e exemplos para o país.
pub