Faltam medicamentos nas farmácias

por RTP

Há décadas que não faltavam tantos medicamentos nas farmácias. No primeiro semestre do ano, os doentes não conseguiram aviar 47 milhões de unidades.

As quebras incluem remédios vitais para diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares o que já obrigou 300 mil doentes a interromper o tratamento, segundo a Associação Nacional de Farmácias.

Os dados avançados pelo Expresso indicam ainda que em agosto os medicamentos indisponíveis vão ser tantos como em todo o ano passado.

O Infarmed garante que está a tomar medidas preventivas.
pub