Fisco admite desproporção na operação stop de Valongo mas rejeita processos disciplinares

por Antena 1

Foto: Estrela Silva - Lusa

Não há motivo para processos disciplinares. É o que pode ler-se nas conclusões do inquérito à polémica operação "stop", realizada em Valongo, há cerca de meio ano, para cobrar dívidas fiscais.

Na operação, agentes do fisco com a colaboração da GNR, mandaram parar dezenas de condutores para cobrar dívidas às finanças. Quem não pagasse, no momento, ficava com a viatura penhorada.

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) reconhece agora falhas, mas garante que não houve qualquer ilegalidade, como conta a jornalista da Antena 1 Augusta Henriques.
pub