Fogo em Oleiros obrigou à evacuação de alguns lugares por precaução

| País

O presidente da Câmara de Oleiros disse esta noite que, por precaução, foram evacuados alguns lugares devido ao incêndio que continua com uma "grande frente" ativa a norte da freguesia de Mosteiro, mas não há habitações em perigo.

"O incêndio continua com uma grande frente a lavrar a norte de Mosteiro. Não há habitações em perigo, só tem ardido zona de pinhal", afirmou Fernando Marques Jorge à agência Lusa.

O autarca deste município do distrito de Castelo Branco, explicou que, por precaução, procedeu-se à evacuação de alguns lugares como Roqueirinho e Mosteiro, de onde foram retiradas cerca de duas dezenas de pessoas para a residencial de estudantes de Oleiros.

Adiantou, contudo, que cerca das 00:00 estavam "apenas três pessoas na residencial, sendo que os restantes foram para casas de familiares".

Fernando Marques Jorge disse, também, que na residencial de estudantes de Oleiros se encontra uma assistente social a dar apoio às pessoas.

O incêndio deflagrou na tarde de segunda-feira, às 15:51, na freguesia de Mosteiro, junto à localidade de Cavalinho, e obrigou ao corte da EN 238, entre Oleiros e Sertã.

Segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), às 00:00, encontravam-se 305 bombeiros, apoiados por 101 viaturas, a combater as chamas.

Tópicos:

Câa, EN Oleiros, Proteção, Roqueirinho,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.