Fuga de gás provoca explosão em prédio de Alfama, em Lisboa

| País

|

Pelo menos seis pessoas ficaram feridas este domingo na sequência de uma fuga de gás que provocou duas fortes explosões num prédio na Rua dos Remédios, em Alfama.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, Miguel Coelho, adiantou que o alerta foi dado cerca das 19h30, após uma "fuga de gás" que provocou "duas fortes explosões", desconhecendo para já mais pormenores.

Há pelo menos seis pessoas feridas, duas em estado grave. Os feridos estavam todos dentro do edifício onde ocorreu a explosão e segundo Carlos Castro, vereador responsável pela Proteção Civil em Lisboa, alguns são estrangeiros.

O responsável esclareceu ainda que esta explosão fez sete desalojadose que há perigo de a fachada do prédio ruir.

A equipa da RTP no local recolheu testemulhos de vários populares, que contam que sentiram vários estrondos seguidos junto à rua dos Remédios e falam de um forte cheiro a gás nas redondezas.

c/ Lusa

Tópicos:

Alfama, Lisboa, Explosão,

A informação mais vista

+ Em Foco

Os portugueses escolhem os seus representantes locais a 1 de outubro. Acompanhe aqui a campanha, os debates e toda a informação sobre as eleições Autárquicas.

    A deriva independentista do nacionalismo catalão está a revelar-se mais grave do que Madrid previa inicialmente. Temos posições que não permitem qualquer margem para diálogo e que conduziram o processo a um impasse.

    Um ensaio do LNEC e do Instituto Superior Técnico, no âmbito do KnowRisk, evidencia a importância da tomada de medidas preventivas. Veja os vídeos e compare os dois casos.

    A Alemanha aproxima-se da data do escrutínio de 24 de Setembro com uma economia próspera: muita exportação, muita construção, receitas fiscais abundantes, orçamentos públicos excedentários. O reverso da medalha é a degradação de condições sociais para uma parte significativa da população.