Fuga de gás provoca explosão em prédio de Alfama, em Lisboa

| País

|

Pelo menos seis pessoas ficaram feridas este domingo na sequência de uma fuga de gás que provocou duas fortes explosões num prédio na Rua dos Remédios, em Alfama.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Junta de Freguesia de Santa Maria Maior, Miguel Coelho, adiantou que o alerta foi dado cerca das 19h30, após uma "fuga de gás" que provocou "duas fortes explosões", desconhecendo para já mais pormenores.

Há pelo menos seis pessoas feridas, duas em estado grave. Os feridos estavam todos dentro do edifício onde ocorreu a explosão e segundo Carlos Castro, vereador responsável pela Proteção Civil em Lisboa, alguns são estrangeiros.

O responsável esclareceu ainda que esta explosão fez sete desalojadose que há perigo de a fachada do prédio ruir.

A equipa da RTP no local recolheu testemulhos de vários populares, que contam que sentiram vários estrondos seguidos junto à rua dos Remédios e falam de um forte cheiro a gás nas redondezas.

c/ Lusa

Tópicos:

Alfama, Lisboa, Explosão,

A informação mais vista

+ Em Foco

Passaram sete anos desde o início das “Primaveras Árabes”. Regimes mudaram, guerras civis rebentaram, houve conflitos que alteraram dinâmicas regionais e vazios de poder que deram origem a Estados falhados.

Veja ou reveja a primeira entrevista de Rui Rio depois de ter sido eleito presidente do PSD.

Na hora da despedida da liderança social-democrata, as juventudes partidárias olham para o legado do ex-primeiro-ministro, com uma pergunta em mente: se Portugal não falhou, o que dizer de Pedro Passos Coelho?

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.