Furacão Leslie com "percurso ziguezaguiante"

| País
Furacão Leslie com percurso ziguezaguiante

A ver: Furacão Leslie com "percurso ziguezaguiante"

Entrevistado no 360, da RTP3, o presidente do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Jorge Miranda, remeteu para as 22h30 a possível ocorrência de "fenómenos mais gravosos".

"O percurso é ziguezaguiante, é mais caótico. Por vezes não é possível determinar exatamente a trajetória. Pode acontecer nova mudança. Temos uma frente fria a atingir o norte com chuva e temos esta tempestade pós-tropical do sul. É a soma destes dois fenómenos que faz este tempo", explicou o responsável.

"Peniche pode ser a localidade mais afetada. Os ventos mais fortes não correspondem ao centro da tempestade, mas sim mais para sul. Não estamos a falar de um super-furacão, como vemos na Florida, é uma tempestade de uma dimensão mais pequena. Em duas, três horas os efeitos terão terminado%u201D, rematou.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    Em entrevista exclusiva à RTP, Flávio, um dos filhos de Jair Bolsonaro, afirmou que o candidato do PT Fernando Haddad devia juntar-se a Lula da Silva.

    Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

      Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.