GNR deteve 13 pessoas e desmantelou fábrica ilegal de tabaco em Loulé

por RTP

Treze pessoas foram detidas na terça-feira em Loulé, numa Operação da GNR que permitiu o desmantelamento de uma fábrica clandestina de produção de tabaco.

Os detidos são 12 homens e uma mulher entre os 30 e os 65 anos.

Na operação "Dynamo" a GNR apreendeu 16 milhões de cigarros, 17 toneladas de folha de tabaco e 14 toneladas de tabaco triturado.

Os detidos são de nacionalidade polaca, ucraniana, romena, russa e portuguesa, neste caso com dupla nacionalidade. Foram ainda constituídos arguidos dois cidadãos gregos.

São suspeitos de fraude e evasão fiscal, num esquema que terá lesado o Estado, em quase dez milhões de euros.

A operação teve o apoio da Europol e das autoridades polacas.