Greve dos anestesistas do Amadora-Sintra pode adiar 300 cirurgias

| País
Greve dos anestesistas do Amadora-Sintra pode adiar 300 cirurgias

Foto: Rosem Morton - Reuters

Cerca de 300 cirurgias podem estar em risco devido à greve dos anestesistas do Hospital Amadora-Sintra, aponta o Sindicato Independente dos Médicos.

De acordo com o sindicato, a greve que se iniciou esta segunda-feira, ronda os 100 por cento no serviço de anestesiologia deste hospital.

Os médicos exigem a contratação de mais profissionais e condições de segurança clínica.

O sindicalista, Roque da Cunha, questiona a existência de mais médicos nos serviços mínimos do que nas escalas habituais.

O protesto terá duração de cinco dias e termina na próxima sexta-feira.

A informação mais vista

+ Em Foco

O maior campo de refugiados na Europa fica na ilha grega de Lesbos. O campo de Moria alberga quase oito mil pessoas, três vezes mais do que a capacidade instalada. Reportagem RTP.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.