Greve marcada. Fesap quer grito de alerta a 31 de janeiro

por Antena 1

A Federação de Sindicatos da Administração Pública convocou uma greve nacional para dia 31 deste mês.

É um protesto contra a proposta de Orçamento do Estado e contra os aumentos salarias,
que os sindicatos classificam como "ofensiva" e "inaceitável". 

O dirigente da Fesap, José Abraão, diz que chegou a hora de deixar um grito de alerta.

A greve foi anunciada em conferência de imprensa, em Lisboa, e coincide com o dia da manifestação nacional marcada pela estrutura da CGTP, a Frente Comum, e com a greve de professores convocada pela Federação Nacional dos Professores.
pub