Guardas prisionais iniciam greve nacional de 13 dias

| País
Guardas prisionais iniciam greve nacional de 13 dias

A ver: Guardas prisionais iniciam greve nacional de 13 dias

Os guardas prisionais voltam hoje à greve, e a paralisação, a nível nacional, vai durar 13 dias. Está também marcada para hoje uma vigília em frente à Presidência da República. Os guardas prisionais exigem a revisão do estatuto profissional e que sejam retomadas as negociações com o Ministério da Justiça, suspensas em Agosto. A greve dos Guardas prisionais limita as visitas aos reclusos e o acesso a determinados serviços, o que já provocou um motim no Estabelecimento Prisional de Lisboa e protestos em várias cadeias.

A informação mais vista

+ Em Foco

O ministro dos Negócios Estrangeiros considera, em entrevista à Antena 1, que Portugal tem a vantagem de não ter movimentos populistas organizados.

    A fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda continua a ser a maior dor de cabeça interna de Theresa May.

    Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

      Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.