Inspetores das Finanças falam em mal-estar no local de trabalho

| País
Inspetores das Finanças falam em mal-estar no local de trabalho

A ver: Inspetores das Finanças falam em mal-estar no local de trabalho

Está cada vez mais tenso o ambiente no interior da Inspeção-Geral das Finanças. As suspeitas de inoperância e captura de lugares ganharam dimensão após terem sido revelados os últimos resultados de atividade deste organismo, que é por definição, o principal auditor financeiro das entidades publicas.

A actividade da IGF caiu 15 por cento. Ao Sexta às 9, vários inspetores revelam perseguições e conluio entre o Inspetor Geral e os diretores de serviço.

Tudo porque, a começar em Vitor Braz, a grande maioria dos inspetores diretores acumula cargos em hospitais, fundações e empresas publicas, todos eles cargos remunerados.

Os inspetores ouvidos pelo Sexta às 9 garantem que é por esta razão que as auditorias diminuíram drasticamente. A eurodeputada do PS, Ana Gomes, diz que esta situação mostra um conflito de interesses inadmissível e pede a demissão imediata do inspetor-geral das Finanças.

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.