Investigadora portuguesa desenvolve aplicação para identificar casos de cancro de pele

| País
Investigadora portuguesa desenvolve aplicação para identificar casos de cancro de pele

Foto: Reuters

A investigadora portuguesa Maria Vasconcelos, desenvolveu uma aplicação para telemóvel que se baseia na inteligência artificial e que no próximo ano vai ser usada pelos serviços de dermatologia hospitalar do Serviço Nacional de Saúde.

Através de um clique na câmara de um smartphone os médicos dos centros de saúde vão passar a poder identificar de forma mais eficaz os casos de cancro de pele. A nova aplicação foi cientificamente comprovada.

A informação mais vista

+ Em Foco

O maior campo de refugiados na Europa fica na ilha grega de Lesbos. O campo de Moria alberga quase oito mil pessoas, três vezes mais do que a capacidade instalada. Reportagem RTP.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.