Investigadores da Judiciária mostram desagrado ao Governo

| País

Na PJ reclama-se pelo reforço do pessoal, e a revisão da carreira dos investigadores
|

A Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária entregou uma carta de protesto à ministra da Justiça sobre a carreira de investigador na Polícia Judiciária.

Na missiva, os profissionais manifestam uma "profunda desilusão" pela forma como estão a ser tratados pelo Executivo.

Na tarde de quarta-feira, a ASFIC esteve reunida com a ministra Francisca Van Dunem.

À Antena 1 o presidente desta associação sindical, Ricardo Valadas, explicou que em causa está o reforço do pessoal e a revisão da carreira dos investigadores da PJ.

Antena 1

A associação sindical dos Funcionários de Investigação Criminal da Polícia Judiciária quer também perceber se a intenção do Governo de fazer mudanças na lei orgânica da PJ se vai concretizar ainda nesta legislatura.

Nesta altura, os funcionários da Polícia Judiciária cumprem uma greve às horas extraordinárias até 5 de março.

A direção da ASFIC reúne-se esta quinta-feira para avaliar a situação e decidir novas formas de luta.

Tópicos:

Associação Sindical, Carta, Criminal, Governo, Investigação, Polícia Judiciária,

A informação mais vista

+ Em Foco

O vice-presidente do Brasil assegura que a democracia brasileira nunca esteve tão forte como agora. Entrevista exclusiva à RTP.

Em entrevista exclusiva aos enviados especiais da RTP, o cardeal Baltazar Porras declara apoio ao autoproclamado presidente interino, Juan Guaidó.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.