Joana Marques Vidal defende transparência na nomeação do Procurador

| País
Joana Marques Vidal defende transparência na nomeação do Procurador

Em final de mandato Joana Marques Vidal defende que há uma forma de tornar ainda mais transparente a escolha do Procurador-Geral da República.

No atual modelo o Governo propõe e o Presidente da República nomeia.

Ora a ainda Procuradora-Geral da República diz que concorda com este modelo, mas acrescentou que o parlamento devia ter uma palavra a dizer.

Joana Marques Vidal na última intervenção pública enquanto procuradora-geral.

Vai terminar o mandato de seis anos na sexta-feira. Lucília Gago passa a ocupar o cargo.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    Em entrevista exclusiva à RTP, Flávio, um dos filhos de Jair Bolsonaro, afirmou que o candidato do PT Fernando Haddad devia juntar-se a Lula da Silva.

    Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

      Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.