Madeira mantém dois doentes ativos e identifica um caso suspeito no aeroporto

por Lusa

Funchal, Madeira, 09 jul 2020 (Lusa) - Um caso suspeito de covid-19 foi hoje identificado no Aeroporto da Madeira, indicou o Instituto de Administração da Saúde, sublinhando que a região mantém o total acumulado de 95 infeções, com 93 recuperados e apenas dois doentes ativos.

"O viajante permanece em confinamento numa residência, no concelho do Funchal. Análises laboratoriais e uma investigação epidemiológica estão em curso", refere a entidade em comunicado.

No contexto da operação de rastreio de passageiros à entrada nos aeroportos da Madeira e do Porto Santo, iniciada em 01 de julho, há a reportar um total cumulativo de 3.869 colheitas para teste à covid-19, realizadas até às 18:00 do dia de hoje.

"Até ao dia 08 de julho, foram contabilizadas na Região Autónoma da Madeira 1.552 notificações de casos suspeitos de covid-19, 1.457 das quais não se confirmaram", esclarece o IASAÚDE.

A instituição refere, por outro lado, que os dois casos ainda ativos foram identificados também no contexto das atividades de vigilância implementadas nos aeroportos do arquipélago, sendo que os viajantes permanecem em confinamento em residência própria, sem necessidade de cuidados hospitalares.

Atualmente, 6.226 pessoas estão sinalizadas e acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, agora com recurso a uma aplicação, designada `MadeiraSafeToDiscover`, 3.045 das quais estão em vigilância ativa.

Em Portugal, morreram 1.644 pessoas das 45.277 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 549 mil mortos e infetou mais de 12 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Tópicos
pub