MAI explica polémica com bombeiros espanhóis impedidos de entrar em Portugal

| País
MAI explica polémica com bombeiros espanhóis impedidos de entrar em Portugal

A ver: MAI explica polémica com bombeiros espanhóis impedidos de entrar em Portugal

A imprensa galega avança que um grupo de bombeiros espanhóis terá sido impedido pelas autoridades portuguesas de entrar no país.

Confrontada pela imprensa espanhola com esta situação, a ministra da Administração Interna explicou que é necessário garantir condições de segurança e que os bombeiros têm de ser "devidamente coordenados pelas autoridades nacionais de proteção civil".

Constança Urbano de Sousa explica que "não podemos estar aqui com voluntarismos sob pena dessas pessoas poderem colocar em risco não só a sua vida como as demais".

A ministra da Administração Interna confirmou entretanto que 80 bombeiros espanhóis deverão juntar-se aos operacionais portugueses no terreno, elevando para 140 o número de bombeiros espanhóis em Portugal.

A informação mais vista

+ Em Foco

No Telejornal, Bernardo Pires de Lima comentou a decisão da Casa Branca sobre Jerusalém, agora reconhecida como a capital de Israel.

A Coreia do Norte continua a desafiar o mundo com testes de mísseis balísticos e armas nucleares.

Foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, com a Proteção Civil a registar 443 ocorrências. Morreram 45 pessoas.

    Uma caricatura do mundo em que vivemos.