Mais de 20 pessoas detidas após violência em Alcochete

| País

Os atos de violência na Academia do Sporting incluíram murros, cabeçadas e tochas acesas no balneário
|

Os números não coincidem, mas apontam para 21 a 23 pessoas detidas na sequência dos incidentes na Academia do Sporting, em Alcochete. Um grupo de 50 indivíduos encapuzados invadiu o centro de treinos e agrediu jogadores e técnicos. Os profissionais do clube já prestaram declarações às autoridades e os detidos deverão ser ouvidos esta quarta-feira.

Os atos de violência incluíram murros, cabeçadas e tochas acesas no balneário.

O futebolista Bas Dost foi suturado na cabeça e ficou ferido nas pernas. Os jogadores Rui Patrício, William Carvalho e Acuña também foram agredidos, bem como o treinador Jorge Jesus e o adjunto Raul José e Frederico Varandas, líder do corpo clínico.

A secretária de Estado adjunta e da Administração Adjunta, Isabel Oneto, limitou-se a confirmar as detenções. Por sua vez, o secretário de Estado do Desporto, João Paulo Rebelo, classificou o que aconteceu em Alcochete como atos criminosos e de vandalismo.


Na Academia do Sporting, quando o presidente entrou os jogadores saíram.

Bruno de Carvalho foi a Alcochete falar de um dia triste para o Sporting e classificou os acontecimentos de “chatos”.

O presidente da Assembleia Geral do Sporting e da SAD, Jaime Marta Soares, marcou para segunda-feira uma reunião com todos os órgãos sociais do clube.

Na última noite, centenas de adeptos do Sporting reuniram-se perto do estádio com cânticos de apoio aos jogadores.

Os adeptos levaram também faixas e cartazes: um deles dizia "contra a violência, juntos pelo Sporting".

Tópicos:

Academia, Adeptos, Bruno de Carvalho, Jogadores, Jorge Jesus, Presidente, Sporting, Treinador, Violência,

A informação mais vista

+ Em Foco

O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.

    Nas eleições primárias, alguns dos mais conceituados senadores democratas foram vencidos por candidatos mais jovens, progressistas e, alguns deles, socialistas.

      Em 1995, dois estudantes desenvolveram um motor de pesquisa. Dois anos depois, Andy Bechtolsheim passou um cheque no valor de 100 mil dólares. Nesse dia, fez-se história: a Google nasceu.

        Os novos desenvolvimentos no diferendo comercial entre os Estados Unidos e a China vieram lançar ainda mais dúvidas sobre os próximos passos que os dois lados poderão adotar.