Metade da frota pesqueira no Algarve continua ativa

por Antena 1

Foto: José Manuel Ribeiro - Lusa

Apesar do surto em terra, os barcos continuam diariamente a sair para o mar. Nesta altura não se está a fazer a pesca de cerco da sardinha ou do carapau. Vão pelo polvo, pelo choco, os bivalves, o tamboril ou a pescada. Só que com os restaurantes e os hotéis, agora parados, reduzem os rendimentos dos pescadores e armadores.

O repórter Mário Antunes ouviu as queixas dos pescadores de Olhão que falam em falta de equipamentos de proteção individual contra a Covid-19, mas também contra a insuficiência dos apoios a pescadores e armadores.

pub