Militares e polícias anunciam duas ações de protesto

| País
Militares e polícias anunciam duas ações de protesto

Foto: RTP

Os militares e os polícias dizem ter esgotado todas as capacidades de diálogo. Vão juntar-se em duas ações de protesto, exigindo o início da fase negocial sobre os descongelamentos das carreiras. A primeira acontece já este mês, e uma outra tem lugar em maio.

O tenente-coronel António Costa Mota, presidente da Associação dos Oficiais das Forças Armadas, confirmou na Antena 1 que as duas iniciativas em defesa do descongelamento das carreiras vão ser anunciadas oficialmente esta terça-feira à tarde.

Ainda não são conhecidos os detalhes das duas ações de protesto que juntam as duas forças de segurança, mas o presidente da AOFA diz que estão disponíveis para ir até às últimas consequências, caso falhem as negociações com o Governo.
ASPP: protesto é apenas uma de muitas formas de luta
O dirigente da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) revela forte indignação perante a não ação do Governo face ao descongelamento das carreiras destas forças de segurança.

Paulo Rodrigues diz que neste momento estão em cima da mesa todo tipo de iniciativas para mostrar que esta classe profissional não está contente.


“Estamos determinados para levar para a frente esta luta, até que o Governo entenda que não pode tratar estes profissionais da forma como o está a fazer, com bastante menosprezo”, explica Paulo Rodrigues.

Relacionados:

A informação mais vista

+ Em Foco

A Marinha tailandesa divulgou um vídeo sobre a operação de salvamento. Veja aqui todos esses momentos.

O presidente da Fundação Mandela, em entrevista exclusiva à RTP, por ocasião do centenário do nascimento de Madiba, que se assinala na próxima quarta-feira à escala mundial.

    A história de Ötzi começou quando um grupo de caminhantes na região alpina italiana de Oetztal tropeçou num cadáver.

    Veja aqui imagens exclusivas em 360º da missão portuguesa.