Moita Flores acusado de cinco crimes em Santarém

| País
Moita Flores acusado de cinco crimes em Santarém

A ver: Moita Flores acusado de cinco crimes em Santarém

Francisco Moita Flores foi acusado de cinco crimes em obras da antiga Escola Prática de Cavalaria de Santarém.

O Ministério Publico indicou um julgamento por tribunal coletivo neste caso que envolve o antigo presidente da Câmara de Santarém e também um ex-funcionário do município.

Moita Flores está acusado, em co-autoria, de três crimes de prevaricação de titular de cargo político e de dois crimes de participação económica em negócio.

De acordo com a acusação, os arguidos cometeram os crimes aproveitando-se das funções que exerciam e foram praticados entre 2009 e 2011.

Para já, decorre o prazo para a abertura da instrução que pode ser requerida pelos arguidos

A informação mais vista

+ Em Foco

A Grécia agradeceu a Portugal a solidariedade do país pela disponibilidade de receber mil migrantes e refugiados, atualmente alojados em condições precárias naquele país.

A receita da venda desta madeira ultrapassará os 15 milhões de euros, que devem ser investidos na nova Mata do Rei.

Toda a informação sobre a União Europeia é agora agregada em conteúdos de serviço público. Notícias para acompanhar diariamente na página RTP Europa.

    Em cada uma destas reportagens ficaremos a conhecer as histórias de pessoas ou de projectos que, por alguma razão, inspiram ou surpreendem.