MP acusa 23 arguidos por ataques informáticos

| País
MP acusa 23 arguidos por ataques informáticos

Foto: Mike Blake - Reuters

O Ministério Público (MP) acusou 23 pessoas de associação criminosa, sabotagem informática, acesso ilegítimo e indevido a dados, dano informático, instigação pública e de apologia pública de um crime após vários ataques a instituições públicas e privadas.

Numa nota emitida pela Procuradoria-Geral da República (PGR), é referido que os factos decorreram entre 2012 e 2017 e "atingiram servidores da administração pública central e autárquica, de universidades, de escolas, de outras instituições públicas e de empresas".

Ao todo, no inquérito, foram reunidos outros 25 processos, tendo os arguidos agido a partir de diversas zonas do país, atingindo alvos dispersos por todo o território nacional.

A informação mais vista

+ Em Foco

Um terramoto de magnitude 7,5 e um tsunami varreram a ilha de Celebes, causando a morte de pelo menos duas mil pessoas. A dimensão da catástrofe é detalhada nesta infografia.

    O desaparecimento do jornalista saudita fragiliza a relação dos EUA com uma ditadura que lhe tem sido útil a combater o Irão e a manter os preços do petróleo.

      Na Venezuela, os sequestros estão a aumentar. Em Caracas, só este ano foram raptadas 107 pessoas.

        Faltam seis meses para a saída do Reino Unido da União Europeia. Dia 29 de março de 2019 é a data para o divórcio. A RTP agrega aqui uma série de reportagens sobre o que o Brexit pode significar.