Mulher morre de gripe A no Hospital Central do Funchal

| País

Uma mulher de 59 anos morreu hoje no Hospital Central do Funchal, na Madeira, vítima de gripe A, sendo que existem mais duas pessoas internadas com a mesma doença naquela unidade.

Fonte hospitalar disse à agência Lusa que a mulher morreu durante a madrugada, mas realçou que a mesma tinha "outras comorbilidades" (doenças) associadas, lhe impediram uma recuperação.

No hospital estão outras duas pessoas com gripe A, um adulto e uma criança de 7 anos, que estão a "evoluir positivamente", indicou a fonte.

Estes são os três primeiros casos de gripe A diagnosticados na Região Autónoma da Madeira a necessitar de internamento hospitalar na presente época gripal.

 

DYC (EC) // CSJ

Tópicos:

Funchal Funchal,

A informação mais vista

+ Em Foco

O antigo procurador-geral da República do Brasil revelou à RTP que já recebeu várias ameaças de morte e defendeu uma reforma profunda do sistema político brasileiro.

Quando Ana Paula Vitorino indicou Lídia Sequeira, a economista ainda era gerente da sua empresa, o que viola a lei em matéria de incompatibilidades e o dever de imparcialidade.

Em seis anos, as investigações sucederam-se, sem poupar ninguém, da política ao futebol e à banca, seguindo a bandeira da ainda procuradora geral, o combate à corrupção.

    O Conselho Europeu informal de Salzburgo tem em cima da mesa dossiers sensíveis, com a imigração e o Brexit no topo da agenda. A RTP preparou um conjunto de reportagens especiais sobre esta cimeira.